Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Learning from Open Source Conferences

There are many things to learn from YAPC, a Perl conference. In YAPC, besides having some big names invited, anyone can sugest a talk, and if accepted by the organizers, the person will become one of the speakers, having the oportunity to present his talk. This is as grass roots as it can get.

What we need is for our conferences to be a place where everyone has a chance to be heard, to express their gifts, instead of only letting the big names speak. The church is made of all of us, not only of a select elite.

It would be great to have a christian conference where everyone has room to share what God has been teaching them. I think it's urgent to create something like that.

O que esperar de uma comunidade

Como tinha dito, a palestra que o Larry Wall deu na YAPC teve muito conteúdo em termos do que deve ser uma comunidade. E o que esperar dessa comunidade.

Ele usou um exemplo muito bom. No relacionamento com a esposa dele, ele ama-a e aceita-a tal como ela é, mas por outro lado também espera que ela se torne uma pessoa melhor. E dentro de uma comunidade passa-se o mesmo. Devemos amar e aceitar os outros como são, mas por outro lado é natural que cada um de nós espere que as pessoas amadureçam, e que a comunidade como um todo amadureça. Ninguém quer fazer parte de algo que nunca melhora, que continua sempre igual. Em qualquer relacionamento tem de haver uma evolução, ou chegaremos a um ponto em que a coisa estagna e morre.

Último dia da YAPC

Tem sido uma óptima conferência. Tenho aprendido bastante. Além disso, algumas pessoas gostaram da minha palestra, o que me faz feliz. Outras não gostaram de algumas coisas e fizeram algumas críticas, o que me fez ainda mais feliz. É que quando a coisa não mexe com ninguém, as pessoas simplesmente dizem que foi fixe, e vão embora. Se as pessoas se dão ao trabalho de criticar é porque a coisa realmente lhes interessa.

Aprendi bastante a participar na conferência, a ver como tudo funcionou. E aprendi bastante com o facto de ter feito uma das palestras, e de toda a resposta que tive, e da forma como essa resposta foi feita (frontal mas simpática).

Sentido de Comunidade

Tenho aprendido bastante na YAPC acerca de comunidade. Alguns pensamentos que tenho processado ultimamente, tenho visto na prática aqui na conferência. Outros não tenho visto, mas também não estava à espera de ver.

A forma como a comunidade funciona com um todo, com líderes que o são por serem aceites por todos, a liberdade e o à vontade com que as opiniões são partilhadas e discutidas, tudo isto tem sido uma experiência muito interessante.

Larry Wall - YAPC EU 2005

Cheguei ontem à noite por volta da meia noite, depois de uma longa viagem de carro.

Até agora já ouvi a primeira palestra, apresentada por Larry Wall, o tal que criou o Perl. Gostei bastante da palestra, principalmente da primeira parte, em que ele falou de como um comunidade se forma e como ela deve funcionar. Pedi-lha que me enviasse uma cópia da palestra, para poder usá-la como inspiração para alguns posts aqui no blog. Acho que vão achar muito interessante.

Mas deixo para já o pensamento principal: Em relacionamentos, tem de haver um equilíbrio entre aceitar os outros como são, mas ao mesmo tempos esperar que todos evoluam.

O que aprender com a YAPC

Este Verão a YAPC EU vai ser em Braga. Não é grande notícia para os programadores de Perl, todos já sabem que vai acontecer. E todos aqueles que estão de alguma maneira ligados ao software livre, sabem o formato que a YAPC costuma ter.

Existem várias coisas que podemos aprender com a YAPC que se devem reflectir nas conferência cristãs. Na YAPC, além dos oradores convidados, qualquer pessoa pode sugerir um tema a apresentar, e se for aceite pelos organizadores, a pessoa passará a ser um dos oradores, e terá a oportunidade de apresentar o tema. Isto é o conceito de dar importância às bases do movimento na sua essência mais pura. Ao "povo".

O que nós precisamos, entre outras coisas, é que as nossas conferências sejam um espaço em que todos têm a oportunidade de se fazer ouvir, em vez de dar oportunidade apenas a uma elite, a um conjunto de nomes sonantes. Não que esses nomes sonantes devam ser calados, antes o que eles dizem deve ser complementado pela vox populi, pela voz popular. A igreja é o conjunto de todos nós, e não somente de um grupo de elite.

Era óptimo ver uma conferência cristã em que seria criado espaço para todos partilharem aquilo que Deus tem estado a falar ao seu coração. Se calhar está na altura de criar algo assim. Se calhar é urgente criar algo assim.