Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Maria mãe de Cristo

Maria foi uma mulher excepcional, exemplo para todos os cristãos. Exemplo de humildade, dedicação, e de obediência a Deus. Sem dúvida uma mulher que nos merece todo o respeito. E por isso mesmo, eu acho que ela deve estar bastante triste, se é que é possível haver tristeza no Céu.

Deve estar triste, porque vê milhões de pessoas a adorá-la como se ela fosse um deus, quando há um só Deus. Basta olhar para as igrejas católicas, e ver a quantidade de igrejas que são dedicadas a Maria. E quantas são dedicadas a Jesus? No congresso da Nova Evangelização o ponto alto foi a procissão com a imagem de Maria de Fátima a percorrer a cidade de Lisboa. As cidades são sempre dedicadas a Maria, não a Jesus. Sinceramente, se um marciano viesse à terra, diria que o deus da igreja católica portuguesa é Maria.

Eu procuro não falar muito neste assunto, para não ferir cristãos que pensam de forma diferente, mas não me sentiria bem com a minha consciência se continuasse calado.

"E não tomeis parte nas obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, denunciai-as." (Efésios 5:11)

Maria e o ET

Com todo o respeito que tenho por Maria mãe de Jesus, pelo exemplo de fé que ela deixou; se um extraterreste viesse a Portugal e entrasse numa igreja católica, provavelmente pensaria que o Deus dos católicos é Maria. Isto porque 90% das igrejas são dedicadas a Nossa Senhora de não sei quantas, e em muitas delas a estátua que está em destaque é a de Maria. E muitos dos católicos ofendem-se mais se falarem mal de Maria do que de Jesus. Quando se reza o terço, é dito o Avé Maria 10 vezes mais que o Pai Nosso. E o que se vende mais, crucifixos ou estátuas de Maria? E outros exemplos poderia dizer.

A parte positiva é que também existem alguns católicos que são realmente cristãos, e não marianitas. É bom saber isso. Mesmo que o Papa não seja um deles.

Católicos e Anglicanos aproximam-se

Conforme visto aqui, os Anglicanos chegaram a acordo sobre a figura de Maria. A parte do artigo que mais me saltou à vista foi este: "Sobre o dogma da Assunção, as duas Igrejas entendem que 'o ensinamento de que Deus levou a Virgem Maria na plenitude da sua pessoa para a Sua glória é consoante as Escrituras e pode, de facto, ser entendido à luz das Escrituras'."

O que eu gostaria realmente que o artigo dissesse é, se realmente a assunção de Maria (ou seja, que Maria ascendeu ao céu sem experimentar a morte) é "consoante as Escrituras", onde é que isso está escrito? Por favor, digam-me. É exactamente este o tipo de atitude que está errado. O tipo de atitude de "isto é demasiado complexo para o povo interpretar por si próprio, por isso nem vale a pena dizer onde está escrito." Mas as Escrituras dizem, na realidade: "Ora, estes [os judeus de Beréia] eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a palavra com toda avidez, examinando diariamente as Escrituras para ver se estas coisas eram assim." (Actos 17:11)

Se as doutrinas de Maria que o catolicismo defende são ou não "consoante as Escrituras" é algo que pode ficar para um outro artigo. O que realmente está a incomodar-me hoje é a atitude de muitos líderes de simplesmente dizerem o que deve ser feito e acreditado, sem que as pessoas façam parte de tudo isso. Pelos vistos é suposto eu aceitar tudo o que dizem desde que os líderes digam que é "consoante as Escrituras".