Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Smart.fm

Esta semana, através de um post do Psycho Sano, fiquei a conhecer um site fenomenal, o Smart.fm.

O Smart.fm é um site para aprender. Usando algumas teorias interessantes sobre a aprendizagem, e através de aplicações web, aprender torna-se fácil e divertido. E pode-se aprender quase todo o tipo de coisas. Nada como ver o vídeo de apresentação para perceber o conceito.



Depois de nos inscrever-mos no site, é só escolhermos as listas de matérias que queremos aprender, e começar a estudá-las.

Neste momento estou a usar o site para refrescar e aprender o japonês, mas a quantidade de coisas que se podem aprender é muito diversificada, e em bastantes línguas diferentes.

Final do Japonês nível 5

Foi hoje a última aula do nível 5. E apesar de o curso continuar, para já, fico-me por aqui. Preciso do tempo para melhorar o meu francês, devido a um projecto que não estou ainda disposto a revelar.

Foram aulas espectaculares, com uma óptima professora, a Etsuko. Provavelmente continuarei mais tarde, onde é que já não sei...

Final do Japonês nível 4

Ontem terminei o nível 4 de japonês. Penso que foi o nível em que senti o meu japonês evoluir mais. E vendo bem, faz sentido.

O nível 1 foi mais focado no Hiragana (um dos alfabetos japoneses), o nível 2 no Katakana (o outro alfabeto), e o nível 3 no Kanji (caracteres chineses em que cada um tem um significado completo). Aprendi gramática e conversação, mais foi tudo do género quem eu sou, quantos anos tenho, o que é isto, o que é aquilo, fui ali, vim dali. Mas no nível quatro já aprendemos muito mais verbos. Ou seja, agora, não só sei dizer quem eu sou, mas sei dizer o que eu faço.

O nível 5 vai começar já na próxima terça-feira, e vai focar-se mais nos adjectivos. O que eu gosto (ou não), o que eu acho das coisas, etc. Vai ser um nível bem interessante.

Fim do Japonês nível 2

Ontem fiz o exame final de Japonês nível 2, e com isso terminei mais esta etapa. Neste momento já sei o hiragana, o katakana, e alguns kanjis, o que já é um bom avanço. Mas neste segundo nível não evoluí tanto em termos de conversação como gostaria de ter evoluído.

A professora que tinha antes já não dá aulas no ISCTE, e por isso tive de mudar de professora. Um defeito que esta professora tem é de não marcar ritmo, ou seja, espera demasiado pelos alunos. Em vez de avançarmos de acordo com um programa, avançamos ao sabor das dificuldades dos alunos mais fracos. Acho isso bastante desmotivante. Essa é uma estratégia que não leva os alunos a evoluir.

Por isso não vou continuar com as aulas no ISCTE. Vou procurar outras alternativas.