Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

O meio é a mensagem

"O meio é a mensagem" (Marshall McLuhan)

Quando comunicamos, temos tendência a focar toda a nossa atenção na mensagem. Mas na realidade, quando comunicamos, há algo mais importante do que a própria mensagem: o meio. Ou seja, a forma como a mensagem é passada.

Jesus não somente comunicou a sua mensagem, Jesus viveu a sua mensagem. E isso faz toda a diferença. É a diferença entre um conceito teórico que morre com o tempo, e uma vivência. E é a transformação do cristianismo-vivência num cristianismo-teoria que tanto mal tem feito ao cristianismo dos tempos de hoje.

O cerne do cristianismo é sermos cada vez mais como Cristo, no amor, na integridade, na ética, no serviço, na espiritualidade, na missão. Esta é a nossa mensagem principal, que fala muito mais alto que as nossas palavras. Aquilo que vivemos, o exemplo que damos aos que estão há nossa volta. É isso que eles vão realmente ver.

Uma mensagem que não vale a pena ser vivida, não vale a pena ser comunicada.

Comunidade pegajosa

Uma comunidade, para ser comunidade, precisa de relacionamentos. Os relacionamentos para serem relacionamentos, precisam de comunicação. Como tal, arrisco-me a dizer que a comunicação é a cola principal de uma comunidade. Sem comunicação não há relacionamentos, e logo não há comunidade.

A comunicação vai desde as coisas que as pessoas de uma comunidade têm em comum, como as actividades, as decisões; até ao que as pessoas têm de mais pessoal. A comunicação das coisas em comum deve passar por todos, sem excepção. As coisas mais pessoais devem ser partilhadas com as pessoas com as quais temos mais confiança. Mas tem de haver um pouco de todo o tipo de comunicação.

Quando não se comunica entre a comunidade, principalmente sobre as coisas que são comuns, as pessoas acabam por sentir-se excluídas, e a cola que junta a comunidade começa a ficar fraca. E um dia, a comunidade desintegra-se, sem nada que a une.