Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Publicidade

O que comemos



Hoje estava a ver um debate aceso num fórum ambiental entre vegetarianos e não vegetarianos. Uns diziam que um verdadeiro ambientalista tem de ser vegetariano, e outros que não. Uns que só os vegetarianos é que se preocupavam com os animais, e os outros que as plantas também são seres vivos, que assim era melhor não comermos nada. Espanta-me bastante o facto de as pessoas estarem constantemente a abordar os temas de uma forma superficial, sem irem ao fundo da questão. Só falta dizer que os leões são maus para o ambiente porque comem carne.

O ambiente é um sistema global complexo, a solução não passa por soluções simplistas, como: Vamos todos tornar-nos vegetarianos! O que é realmente importante? Comer vegetais? Ou começar a reparar de onde vem aquilo que comemos? Por exemplo, a soja. Muitas pessoas não sabem que milhares de hectares da selva amazónica têm sido destruídos para a plantação de soja. Quem come soja proveniente dessas plantações, está na realidade a contribuir para a destruição da floresta, e com ela todos os seres vivos que dela dependem. Mas também é verdade que o mesmo tem sido feito para criar pastagens para o gado.

Por isso, eu acredito que não é uma questão do que se come, mas de onde vem aquilo que se come. Cada vez mais procuro saber a proveniência das coisas que consumo. Cada vez mais faço perguntas do tipo: Será que foram usados muitos pesticidas ou antibióticos no alimento que estou a comprar? Será que a carne que compro vem de produtores que tratam os seus animais condignamente? Será que o produto é local, ou veio do outro lado do planeta, gastando toneladas de combustível para chegar às minhas mãos?

Este tipo de questões têm-me levado a ter uma alimentação de maior qualidade, mas também necessariamente mais cara, visto que o preço final reflecte o custo real daquilo que estou a comprar (vejam Story of Stuff, se não percebem porquê). Também tem levado a prescindir de determinadas frutas e legumes fora de época. Mas acredito que é essa a forma justa de fazer as coisas. Afinal de contas, se não cuidarmos do ambiente, um dia ele deixará de cuidar de nós...

Publicidade