Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Publicidade

Frameworks

Ultimamente tenho pensado em frameworks. Coisas como o Symfony, ou o Django, ou o Ruby on Rails. Sendo que as linguagens que domino melhor são o PHP e o Python, e visto que não gosto de Ruby (já tentei gostar), acho que o Ruby on Rails tem poucas hipóteses. Quanto às outras duas, por um lado o Django é melhor (mais rápido, melhor linguagem de template, melhor comunidade, é Python), por outro lado o PHP é muito mais usado nos dias de hoje.

Mas existem mais dúvidas. Por um lado, a maioria das empresas por aqui estão a usar frameworks (e não ter nenhuma no CV é olhado de forma estranha), e supostamente poupam muito trabalho. Por outro lado, para uma pessoa que tem a experiência que eu tenho, e com tanto código que posso reutilizar, será que ganho tempo a usar uma framework?

Digam de vossa justiça.

Mas que coisa é essa, a igreja emergente?

Devido a um debate aceso no mukankala, e contra a própria sabedoria que me diz que deveria ficar à margem da discussão, resolvi fazer um comentário no qual baseei este artigo

A igreja emergente é um termo semelhante ao termo reforma. Não há unidade teológica, como não havia entre os diferentes movimentos reformadores protestantes. Pegar, por exemplo, em Zwingli, e generalizar para todo o movimento reformador protestante, é um erro crasso.

É verdade que existe um tema principal para o movimento emergente, como havia para a reforma protestante (a salvação pela graça). E esse tema é: A igreja como agente missiológico na terra, livre de instituição e hierarquias, simples, um organismo vivo cuja cabeça é Jesus, e onde a vida cristã é uma vida de comunidade e de compartilhamento.

Se hipotéticamente, a igreja emergente se trata de uma reforma da igreja, como a reforma protestante, então é natural que os líderes das igrejas actuais a critiquem, como o fizeram os líderes católicos no tempo de Lutero. Se criticar o que está mal e fazer algo novo é errado, então porque não voltam todos os protestantes às suas origens católicas?

No fim das contas, são sábias as palavras da bíblia: "Por isso o que vos aconselho é que deixem estes homens em paz. Se o que ensinam e fazem é só deles, em breve desaparecerão. Mas, se for obra de Deus, não poderão impedi-los, não vá acontecer vocês acabarem por lutar contra o próprio Deus." (Actos 5:38-39)

Grifos na Internet

Grifo

Numa iniciativa que não interessa a ninguém a não ser a amantes da natureza como eu, foi montada uma câmara junto a um ninho de Grifos, na zona do Tejo Internacional, com transmissão directa na internet.

É principalmente uma forma de chamar a atenção para estas aves, e para os riscos que elas correm, e porque é que é importante conservá-las. E para os mais incultos, é uma forma de ficarem saber que existem abutres em Portugal (na realidade existem mais duas espécias além dos Grifos), e não, não estou a falar dos políticos :)

MacBook Air e companhia

Enquanto está aí tudo babado com o novo MacBook Air, será que fui o único que reparei na trafulhice de agora se pagar para ter um update no iPhone ou no iPod Touch? O que vem a seguir? Updates pagos em toda a linha de produtos?

Ah, esqueci-me. A Apple tem aquela aura de misticismo em que tudo o que faz em bom, mesmo que não seja. E se algo é mau e a Apple começa a fazer, passa a ser bom...

Bom, ao menos preocuparam-se com o ambiente quando fizeram o novo MacBook Air, para mim foi o momento alto da keynote. Agora falta fazerem o mesmo com o resto dos produtos...

E quanto ao meu iTablet de 10", nicles batatóides...

Publicidade não endereçada aqui não obrigado



Porque já não é a primeira vez que vou à procura, e porque é informação útil para muita gente, aqui fica o sítio onde podem mandar vir os autocolantes a dizer Publicidade não endereçada aqui não obrigado. Para quem não sabe, servem para deixarem de receber lixo (vulgo publicidade) na caixa do correio. É gratuito, e o ambiente agradece.

Publicidade

Pág. 1/2