Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Publicidade

Shema Community

Recently I noticed Shema Community, based in Geneva, Switzerland. Looks really interesting, worth a look if you are interested in the Emerging Church. A little about them:

"Shema Community Movement is not another ‘church’ or ’denomination’ within the Christian faith or religion but a ‘grass-roots’ missional movement (missional means leading a ‘go to them’ life, instead of a ‘come to us and become like us’ life), sharing the belief that ‘good news must be good news for everybody or it is not good news at all.’ At our core, we embrace Judeo-Christian essentials measuring ‘goodness’ by what we practice, who we’re becoming, what we embrace, what we create, and whom we include."

Final do Japonês nível 5

Foi hoje a última aula do nível 5. E apesar de o curso continuar, para já, fico-me por aqui. Preciso do tempo para melhorar o meu francês, devido a um projecto que não estou ainda disposto a revelar.

Foram aulas espectaculares, com uma óptima professora, a Etsuko. Provavelmente continuarei mais tarde, onde é que já não sei...

Os Lisboetas

Acabei de ver na RTP2 o filme/documentário "Os Lisboetas", cujo tema é a imigração. É um documentário do dia a dia de um imigrante em Portugal. As dificuldades que vivem, as alegrias que têm.

É impossível ficar indiferente a este filme, que arrebatou o primeiro Prémio de Melhor Filme Português na primeira edição do Indie Lisboa. Mexe com as emoções, mas mais do que tudo, faz-nos perceber um pouco da realidade de quem vem trabalhar em Portugal.

No meio disto tudo ficou-me uma frase dita por uma Ucraniana ao telefone, tentando convencer um familiar a vir para cá também: "Em Portugal tudo é bom, excepto a educação." Quem me dera ser tão optimista.

Um Deus à nossa imagem

Um Deus que é explicável, que cabe no nosso raciocínio, é apenas uma ténue imagem de quem ele verdadeiramente é. Deus, que é infinito, não pode caber no nosso raciocínio finito. Não é possível explicar Deus, assim como não é possível traçar uma fronteira à volta do infinito.

Não basta o raciocínio para nos chegarmos perto de Deus, para vermos Deus. Precisamos de contemplá-lo, de nos maravilharmos nele. Precisamos admitir a nossa incapacidade em perceber Deus, e contemplá-lo.

Joost

I've just seen the future of TV, and I like it. Now, if someone could just give me an invite, I would really appreciate it.

How can I describe Joost? It's like having cable tv in your computer. But you can choose not only the channel, but also the show you want to watch. And at the same time you can chat with other people who are watching the show, use gtalk, and other nice features.

For the technically inclined, it works like a peer to peer network. Which means the more people watching it, the better it gets. The weight of it is not only in the Joost servers, but distributed around the users.

Homepage personalizável do Google

Levei algum tempo a perceber qual o buzz acerca da homepage personalizável do Google. Isso porque já tinha experimentado aquilo há muito tempo. Afinal o buzz todo era devido aos novos temas.

Gostei imenso do tema "Tea House" (provavelmente por ser um tema japonês). Mas o que gostei mais foi de o tema mudar a imagem de duas em duas horas, de acordo com a hora do dia! Isso está mesmo muito bem pensado.



Para verem as várias imagens no tema, vão alterando o url na parte de "10am" (para 8am, 8pm, etc). Só há imagens de duas em duas horas. A do meio dia é noon, e a da meia noite é midnight.

PS: Só funciona na versão inglesa. Na versão portuguesa não é possível seleccionar os temas

Houses That Change the World by Wolfgang Simson

I am a big supporter of the house church movement. I support it, I advocate it, and I live it. So, for me, this book didn't bring much new, it was more a question of hearing someone describing part of what I'm living. But for someone that is not in it, this is an excellent book to read. It gives you the reasons for why we believe we have to return to the house church model of church.

On the other hand, in my opinion, Simson's opinion is too strict for my taste. Specially concerning his view of the "fivefold" ministry and the way he believes house church is the only way to go. God can move in many different ways. I also dislike the way he uses numbers to show that the house church is the right thing to do. The reasons have to be more profound than that. But well, that's the problem with books. If I was talking with him face to face, maybe we would end up realizing we think the same way. Books don't give much room for dialogue.

I recommend this book for anyone frustrated with the institutional church, and that wants to learn more about other ways of being church. This is a great book to give you a general idea of what the house church movement is.

Publicidade

Pág. 1/2