Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Publicidade

Saída de campo à Ria de Alvor (2006-12-24)

Este Natal aproveitei para visitar a Ria de Alvor, e posso dizer que nunca tinha visto tanta variedade de aves lá como desta vez. Foi também uma óptima oportunidade de fotografar algumas que nunca tinha conseguido.

Abibe (Vanellus vanellus)Colhereiro (Platalea leucorodia)
Colhereiro (Platalea leucorodia)Cartaxo (Saxicola torquata)
Pilrito de Peito Preto (Calidris alpina)Pilrito de Peito Preto (Calidris alpina)
Pintassilgo (Carduelis carduelis)Fuinha dos Juncos (Cisticola juncidis)
Perna vermelha (Tringa totanus)Perna longa (Himantopus himantopus)
Perna Verde (Tringa nebularia)Fuselo (Limosa lapponica)

Lista de espécies:

Pardal (Passer domesticus) - ~80
Rola turca (Streptopelia decaocto) - 4
Poupa (Upupa epops) - 1
Melro (Turdus merula) - 5
Cotovia de poupa (Galerida cristata) - 5
Pega azul (Cyanopica cyana) - 4
Cartaxo (Saxicola torquata) - 6
Verdilhão (Carduelis chloris) - 4
Felosinha (Phylloscopus collybita) - 8
Abibe (Vanellus vanellus) - 8
Pintassilgo (Carduelis carduelis) - 2
Flamingo (Phoenicopterus ruber) - 37
Toutinegra dos valados (Sylvia melanocephala) - 4
Perna longa (Himantopus himantopus) - 7
Fuselo (Limosa lapponica) - 56
Alfaiate (Recurvirostra avosetta) - 11
Perna vermelha (Tringa totanus) - 5
Marrequinha (Anas crecca) - 4
Fuinha dos Juncos (Cisticola juncidis) - 3
Colhereiro (Platalea leucorodia) - 20
Garça Real (Ardea cinerea) - 12
Tarambola Dourada (Pluvialis apricaria) - 9
Garça Branca (Egretta garzetta) - 1
Gaivota de Patas Amarelas (Larus cachinnans) - ~10
Guincho (Larus ridibundus) - 1
Pisco de Peito Ruivo (Erithacus rubecula) - 1
Borrelho Grande de Coleira (Charadrius hiaticula) - 2
Pilrito de Peito Preto (Calidris alpina) - 19
Perna Verde (Tringa nebularia) - 2
Corvo Marinho (Phalacrocorax carbo) - 4
Garça Boieira (Bubulcus ibis) - 1
Rola do mar (Arenaria interpres) - 1
Alvéola Branca (Motacilla alba) - 3
Toutinegra de Barrete (Sylvia atricapilla) - 1
Águia Sapeira (Circus aeruginosus) - 1

Saída de campo a Sagres (2006-12-23)

Esta não foi propriamente uma saída de campo. Foi mais um passeio com a Paula, no qual acabei por observar e fotografar algumas aves. Ainda procurei pelo Rabirruivo mourisco que apareceu lá recentemente, mas não o encontrei. Acabei por ver um Melro Azul, que não via há muito tempo, e consegui umas fotos razoáveis dos Garajaus.

Cotovia-escura (Galerida theklae)Garajau (Sterna sandvicensis)
Rola do mar (Arenaria interpres)Rola do mar (Arenaria interpres)
Rola do mar (Arenaria interpres)

Lista de espécies:

Petinha dos prados (Anthus pratensis) - 1
Cotovia Escura (Galerida theklae) - 1
Melro Azul (Monticola solitarius) - 1
Cartaxo ( Saxicola torquata) - 5
Águia de asa redonda (Buteo buteo) - 1
Peneireiro (Falco tinnunculus) - 1
Pintassilgo (Carduelis carduelis) - 1
Rabirruivo (Phoenicurus ochruros) - 2
Garajau (Sterna sandvicensis) - 5
Corvo Marinho (Phalacrocorax carbo) - 1
Guincho (Larus ridibundus) - 2
Gaivota de Patas Amarelas (Larus cachinnans) - ~30
Gaivota de asa escura (Larus fuscus) - 1
Rola do mar (Arenaria interpres) - 4

Como aumentar pageviews

Muitos sites têm como única fonte de rendimento a publicidade. E quanto mais vezes as publicidades aparecerem, mais dinheiro ganham (Na minha opinião, um mau modelo de negócio, mas é o que há mais). Por isso, a grande questão está sempre em como é que podemos aumentar as pageviews do nosso site, de forma a ter maiores receitas.

A forma mais básica é criando conteúdo que seja relevante para o máximo número de pessoas. Quanto mais conteúdo, mais visitas. Para isso é necessário ter pessoas que criem esse conteúdo, o que sai caro, mas que pode compensar.

Outra forma melhor, é criar serviços com uma forte componente social, em que o próprio utilizador gera conteúdo. Por exemplo, um site de fotos, em que as pessoas colocam lá as suas fotos, e vêem as dos outros, e comentam, e trocam contactos, e fazem grupos, etc. Aí não temos de ter quem crie os conteúdos, pois os próprios utilizadores geram a informação.

Existe também uma forma mista, em que o conteúdo principal é criado pelo site, mas onde os utilizadores podem participar. Por exemplo, um jornal, que permite aos utilizadores comentar as notícias. Gera bastante mais tráfego do que se não tiver funcionalidades sociais.

Web 2.0

Web 2.0 é o nome que decidiram dar à nova fase da internet que estamos a viver nos dias de hoje (Não gosto do nome, prefiro Web Social). Já quase tudo o que havia a dizer sobre o assunto foi dito. Mas ainda assim existe um problema: Nem todas as pessoas que trabalham na internet têm a noção completa do que é a Web 2.0. A interpretação que fazem dela tem muito a haver com aquilo que são no dia a dia.

Penso que os programadores, e outros semelhantes, têm a tendência a interpretá-la como AJAX, widgets, webservices, e coisas afins. Apesar de interessantes, a Web 2.0 não se resume a isso. Na realidade, a sua verdadeira essência não está nisso, mas sim no novo aspecto social da internet: Grupos, comentários, relacionamentos, conteúdo criado pelo utilizador (fotos, vídeos, blogs, etc), e tudo com uma simplicidade de utilização que vai ao encontro das necessidades do utilizador.

Qualquer projecto que seja lançado neste momento sem ter isso em conta, está fadado ao fracasso. Pode ter o melhor AJAX, os webservices mais fixes, e tudo o que é widgets. Mas se não tem em conta o aspecto social, está morto à nascença.

Publicidade

Pág. 1/4