Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Sem relacionamento não há comunidade

Um grupo de pessoas pode fazer imensas coisas, pode fazer todo o tipo de obras: Alimentar os famintos, formar os incultos, mudar a sociedade, e toda a forma de acções positivas para a sociedade. Mas ainda que façam tudo e mais alguma coisa, sem relacionamento entre elas, não são uma comunidade. E se não são uma comunidade, mais tarde ou mais cedo aquilo que estão a fazer deixará de existir, não haverá continuidade.

Sem relacionamento não há comunidade

Transparência

Desconfio bastante das pessoas que nunca têm problemas comigo, ou com a minha forma de pensar. Isso só pode acontecer por duas razões (que eu me lembre): Ou a pessoa é exactamente como eu, ou a pessoa esconde-me as suas diferenças. E eu acredito que todas as pessoas são diferentes, por mais parecidas que sejam.

No fundo, a pessoa que está sempre em concordância comigo não está a ser transparente. Está a procurar agradar-me de uma forma doentia, mostrando uma máscara, ou na melhor das hipóteses, uma ténue imagem do que ela realmente é. Quem concorda sempre comigo, nunca poderá ser meu verdadeiro amigo, pois eu nunca o conhecerei verdadeiramente. E sem verdadeiro diálogo (leia-se debate, dicussão, divergências de opinião), nunca haverá o relacionamento que é necessário haver entre os membros de uma comunidade.

Não devemos ter medo de mostrar as nossas opiniões e gostos, mesmo quando isso diverge do que os outros pensam e sentem. O problema não está em sermos diferentes, mas em não sabermos aceitar as nossas diferenças. O problema não vem de sermos transparentes, mas sim de sermos intransigentes. E é com esse problema que devemos lidar.

Pág. 4/4