Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Simplice

A vida é simples

Simplice

A vida é simples

Fotografar Casamentos

DSC_0123
Fotos do casamento da Cátia e do Ruben

No dia 21 fiz algo que nunca pensei vir a fazer: Fotografar um casamento. É preciso saber que foi um pedido muito especial, visto que o noivo é irmão da minha Paula. E o que eles queriam mesmo era não gastar dinheiro com um fotógrafo a sério. E pronto, lá fiz o sacrifício de fotografar o casamento. Mas a verdade é que até gostei de o fazer. Eu, que detesto ir a casamentos, gostei de fotografar este.

Uma vez que não tinha experiência, houve muita coisa que não correu como eu gostaria, há muitas fotos que não saíram bem, houve oportunidades perdidas. Além disso houve algumas condicionantes em termos de luz, e não se faz omeletes sem ovos. Mesmo assim, estou contente com o resultado de algumas fotografias. Dêem uma olhada na galeria de fotos do casamento da Cátia e do Ruben, para julgarem por vós mesmos (também disponível em Slideshow).

Fotografar casamentos tem os seus quês. O vestido da noiva é difícil, porque fica facilmente demasiado branco, perdendo o detalhe. E existem momentos que temos de ter a certeza de não perder (alianças, o beijo no fim da cerimónia, etc). E depois existem os convidados, que são uns chatos de primeira (mesmo neste caso, em que as fotos são grátis, quiseram tirar fotos com as próprias máquinas, o que gerou algumas fotos em que cada um olha para o seu lado). Mas pelo menos neste caso, foi divertido.

E depois existem as questões técnicas. Temos de ter bastante espaço no cartão (eu tinha 20GB, usei 6GB para 450 fotos), e pilhas suficientes para o Flash (levei muito mais do que precisava, acabei por usar 8). E temos de ter cuidado para as pilhas não acabarem num dos momentos fulcrais (no meu caso aconteceu-me no exacto momento das alianças, o que vale é que os votos eram compridos, e deu tempo de trocar as pilhas).

Posso dizer que não é fácil, exige muito de nós. São várias horas de atenção e esforço físico (a sério, fiquei a suar), e temos de lidar às vezes com situações complicadas. O truque é estar sempre alerta, e ser bastante flexível. E gritar com os convidados de vez em quando :)

Para os mais técnicos, as ferramentas foram a máquina Nikon D300, o flash Nikon SB-600, e a lente Sigma 17-70mm f2.8-4.5 DC Macro HSM. Todos eles portaram-se bastante bem, se bem que melhor equipamento podia ter ajudado em algumas situações específicas.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.